INTRODUÇÃO PARA ALIMENTAÇÃO NATURAL CANINA

A atenção com a alimentação é muito importante para garantir a saúde do seu filho de quatro patas. 

Muitos tutores estão optando por deixar a ração industrializada de lado e oferecer algo mais saudável e caseiro. 

INTRODUÇÃO

A alimentação natural para cães é uma alternativa boa se deseja alterar os hábitos alimentares do seu pet.

Alimentação Natural caseira para cães – também conhecida como AN cozida – é uma dieta caseira balanceada, cozida e sem ossos. 

Trata-se de uma alimentação com níveis balanceados de proteína,gorduras saudáveis, carboidratos e enriquecida com legumes, verduras e hortaliças.

Muitos tutores estão optando em fazer essa troca mediante a ração, devido aos diversos malefícios e doenças que a ração pode provocar nos cães.

Leia Nosso Artigo: 6 Doenças Causadas por Ração de Cachorro

A Alimentação Natural Canina atualmente é o mais procurado e indicado por diversos especialistas e veterinários. 

A AN deve ser cozida, e é perfeita para cães. Esse modelo de alimentação também é o mais indicado para cães que possuem o sistema gastrintestinal sensíveis.

BENEFÍCIOS DE OFERECER ALIMENTAÇÃO NATURAL CANINA

Conforme explicamos em alguns outros artigos, as rações são alimentos industrializados e com inúmeros malefícios à saúde do cão.

Segundo especialistas além de aumentar a expectativa de vida, uma Alimentação Natural e bem balanceada pode deixar o cachorro mais calmo, esperto e comportado, além de diminuírem as chances de contraírem doenças.

A partir de uma alimentação Natural Canina além de o cão se beneficiar com alimentos frescos compostos por 70% de água (umidade), os mesmos acabam ajudando na digestão e protegendo naturalmente o bom funcionamento dos rins e sistema urinário.

Aprenda Como Fazer Receitas Ultra Saudáveis Criadas Especificamente para Melhorar a Saúde e Qualidade de Vida do Seu Cachorro

Não possuem nenhum dos componentes industrializados que aumentam as chances de tumores, doenças renais, obesidade, mudanças comportamentais e alergias.

Reduz também a queda dos pelos por serem ricas em proteínas, ácidos graxos, Ômega 3 e 6 e conseqüentemente acabam diminuindo os fétidos cheiros nas fezes dos cães,pois regulam a flora intestinal.

A Alimentação Natural influencia diretamente na disposição e comportamento do cachorro, aumentando a resistência natural a vermes e doenças, diminuindo os episódios de vômitos, diarreias e alergias causadas pelo consumo de ração.

Uma boa Alimentação Natural Canina deve ter o equilíbrio correto entre proteínas, gorduras e carboidratos, não existem contra-indicações para a AN.

OPÇÕES DA ALIMENTAÇÃO NATURAL CANINA 

Um ponto importante é incluir na dieta alimentos que sejam fáceis de encontrar e cozinhar, para que não haja desistência do tutor no meio do caminho. 

Esses são alimentos básicos e fáceis de achar em qualquer feira e supermercado:

  • Carnes: Peixe, frango, boi, ovos (apenas cozidos) cordeiro, porco, além de vísceras de animais (fígado, língua, coração etc..).
  • Gorduras: Óleos em geral, tanto animal, quanto vegetal.
  • Legumes e Verduras: Abobrinha, chuchu, rúcula, brócolis, cenoura, beterraba, inhame, batata doce, inglesa e yacon, arroz integral, lentilha, abóbora, aspargos, berinjela, cará, chuchu, couve-flor e manteiga, ervilha fresca e torta, espinafre, inhame, jiló, mandioquinha (batata baroa ou batata salsa), mandioca (aipim), manjericão, nabo, quiabo, salsinha, tomate e vagem.
  • Frutas: Banana sem casca, caju sem a castanha, caqui, maçã sem sementes, pêra sem casca, manga, kiwi sem casca, goiaba com ou sem casca e morango.
  • Dica: Nunca de outras frutas ou com sementes ao seu cão, pois podem ser extremamente tóxicas.
  • Obs: Todos alimentos devem ser preparados sem sal ou temperos, podendo ser oferecidos em formas de “purês” ou in natura.

No caso da alimentação natural para cães cozida, uma dica importante é usar o micro-ondas o mínimo possível para preservar os nutrientes dos alimentos.

  • Os alimentos devem ser cozidos separadamente e pesados após o cozimento, sempre seguindo as orientações passadas pelo veterinário;
  • Não deve ser adicionado óleo aos alimentos na hora do preparo, sendo recomendado o cozinhamento em água ou no vapor;
  • Converse com o veterinário sobre o uso de ervas frescas. Algumas delas proporcionam benefícios extras, mas nem todos os animais aceitam esses ingredientes.

TRANSIÇÃO

O primeiro passo é procurar um especialista no assunto. O veterinário vai pedir exames de rotina e complementares para que possa avaliar todas as necessidades nutricionais do cão.

A partir daí, o tutor e o veterinário devem conversar sobre a rotina do animal para que possa ser estipulada a quantidade de calorias que devem ser consumidas diariamente. 

Outro ponto importante é incluir na dieta alimentos que sejam fáceis de encontrar e cozinhar, para que não haja desistência do tutor no meio do caminho. Com o cardápio inicial em mãos, é hora de colocar em prática.

A rotina do pet não deve mudar muito. Se você está acostumado a oferecer o alimento duas ou três vezes por dia, deve apenas dividir a quantidade diária em cada refeição. 

Aumente a Expectativa de VIDA do Seu Cachorro em até 8 Anos a Mais que a Média Esperada

Para facilitar, você pode preparar os alimentos e congelar já nas porções corretas. A organização dos alimentos também pode ser semanal, quinzenal ou mensal. Depende da sua rotina!

No caso da alimentação natural para cães cozida, uma dica importante é usar o micro-ondas o mínimo possível para preservar os nutrientes dos alimentos.

Ao saber de todas essas informações sempre surgem dúvidas de como substituir as rações por uma alimentação natural e também quais alimentos podem ou não podem ser oferecidos para o cachorro.

Caso o seu cão esteja acostumado alimentar-se somente com ração, você deve substituir pouco a pouco a ração por alimentação natural da seguinte forma:

  • 1° semana: Na primeira semana ofereça  ⅓ de Alimentação Natural e ⅔ de ração.
  •  2° semana: Na semana seguinte, metade de ração e metade de Alimentação Natural.
  • 3° semana: ⅓ de ração e ⅔ de Alimentação Natural.
  • OBS: Se na quarta semana as fezes continuarem firmes tire completamente a ração e substituída pela Alimentação Natural.

 RECEITAS DE PICADINHO DE CARNES COM LEGUMES

Ingredientes:

  • Vagem picada
  • Chuchu
  • Quiabo
  • Abobrinha
  • Cenoura em cubos
  • Brócolis
  • Inhame
  • Batata doce
  • Vísceras de carne bovina
  • Carne bovina moída
  • Sardinha inteira
  • Complemento de cálcio
  • Levedo de cerveja

Modo de fazer:

  • Em uma panela refogue um pouco de carne para soltar a gordura. 
  • Depois, refogue a abobrinha, cenoura em cubos, brócolis, vagem picada, chuchu e quiabo. 
  • Tudo sem tempero, sem sal. 
  • Depois coloque carne moída crua, inhame cozido e batata doce cozida. Incluir o peixe é fundamental para garantir ômega 3 ao cão. 
  • Ao fim, misture o complemento de cálcio e o levedo de cerveja e sirva.

Alimentos também são uma forma de amor, então ame seu cachorro e ofereça a ele somente alimentos que irão beneficiar sua saúde e expectativa de vida!

PARE HOJE MESMO DE DAR RAÇÃO PARA SEU CACHORRO

❌ Ração Comercial ?

A maioria das Rações Comerciais para Cachorro são uma Verdadeira Porcaria!

Você deveria dar elas quando realmente não tem tempo para dar uma comida de qualidade para o seu peludo.

Se não fizer isso, seu cachorro infelizmente pode estar correndo um grande risco de vida ao comer rações comerciais por anos a fio.

Clique Aqui e descubra o Por que Você deve para de dar Ração Para o seu Cachorro HOJE Mesmo!

INTRODUÇÃO PARA ALIMENTAÇÃO NATURAL CANINA
5 (100%) 1 vote