5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

As orelhas dos cães são bastante diferentes das nossas, o que em outras palavras significa dizer que são bastante sensíveis.

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

Basta observar como eles se atentam com facilidade a qualquer som diferente que surja no ambiente, sons esses que muitas vezes demoramos a identificar.

Diferente do que alguns donos acreditam, não são apenas os cachorros de orelhas caídas que precisam de atenção e cuidados com essa região.

Infecções e até mesmo incômodos causados por sons muito altos podem acometer qualquer cão, independentemente de ele ter orelhas em pé ou caídas, aí a razão de se estar sempre atento aos cuidados que elas precisam receber:

5 cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

“Descubra Como Aumentar a Expectativa de VIDA do Seu Cachorro em Até 8.3 Anos a Mais que a Média Esperada”

1 – Limpe-as com algodão ou hastes flexíveis a cada banho

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

Quando seu pet faz uma visita ao banho e tosa – ou toma banho no pet shop – ele sempre recebe cuidados extras que incluem as orelhas, ou seja, elas são limpas após o banho.

Caso seu cão tome banho apenas em casa, essa limpeza não deve ser ignorada.

Eles até as limpam quando usam as patas traseiras para coçá-las, ainda assim, uma limpeza com algodão ou cotonete na região externa das orelhas ajuda a diminuir as coceiras e a manter essa região higienizada.

Faça isso mesmo que seu cão possua orelhas em pé e fique atento a qualquer excesso de cera ou odor diferenciado, que podem ser sinal de infecções.

Lembre-se de jamais inserir cotonetes ou outros objetos no interior da orelha, pois além de causar dor pode acabar perfurando o tímpano do bichinho.

A limpeza com algodão ou hastes flexíveis se resume apenas a área externa das orelhas.

2 – Use produtos específicos para limpeza da região

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

É possível encontrar nos pet shops várias loções voltadas para limpeza do canal auditivo do seu pet.

Elas normalmente vêm com formato ideal para serem aplicadas diretamente nas orelhas ou podem ser colocadas algumas gotinhas em um algodão – para limpar a parte externa da região.

Alguns donos adquirem esses produtos apenas quando o animal pega alguma infecção, como a otite, no entanto você pode ter em casa desde sempre, pois ajudam a fazer com que o excesso de cera seja eliminado sozinho.

Cuidado para não exagerar na aplicação do produto, se o pet não está com nenhuma infecção – que fará com que produza mais será do que o normal – apenas algumas gotinhas é a quantidade ideal.

Clique Aqui e descubra o Por que Você deve para de dar Ração Para o seu Cachorro HOJE Mesmo!

3 – Proteja as orelhas na hora do banho

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

No pet shop seu cãozinho recebe toda a proteção necessária para que não entre água em seus ouvidos durante o banho.

Se você costuma dar banhos em casa é preciso manter esse cuidado. Coloque pequenas bolas de algodão na entrada das orelhas e evite jogar água diretamente em sua cabeça.

Por exemplo, quando for lavar o focinho e a cabeça do cão prefira molhar sua mão e jogar água aos poucos e não diretamente com a mangueira do chuveiro. Na hora do enxague o cuidado é o mesmo.

4 – Cuidado com as chuvas

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

Seu pet tem o hábito de sair correndo na chuva? Cuidado, a entrada de água nas orelhas pode acabar causando uma infecção.

Se ele dorme do lado de fora de casa verifique se sua casinha está protegida da umidade e o ensine a se esconder por lá sempre que começar a chover.

Agora se ele fica do lado de dentro e apenas sai para a chuva por ser muito sapeca o ideal é chamar sua atenção e fazer com que volte para dentro de casa.

Clique aqui se você quer ter um Cachorro muito mais feliz e saudável.

5 – Mantenha a tosa em dia de pets de orelhas caídas

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão

Poodles e Cokers têm maior tendência a sofrer com infecções nos ouvidos. Isso porque são peludos e têm orelhas caídas.

Procure manter a tosa em dia para que a região fique mais arejada e se mantenha seca.

Além disso, no caso dos Cokers que podem colocar os pelos das orelhas dentro do pote de água sempre que vão beber, seque a região sempre que notar essa situação.

No entanto, a tosa já ajuda a evitar esse problema.

Leia nossos artigos: Como lidar com um cachorro bagunceiro
6 motivos para você passear com o cão mais vezes
Por que os cães gostam de coçar orelhas e barriga?

5 Cuidados que você deve ter com as orelhas do cão
Avalie este conteúdo